Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Ferrão

História do apelido

Provirá este nome de uma alcunha e, ao que parece a família que em tempos mais primitivos o adoptou por apelido era da Beira e existia já no séc. XV.
Seria talvez seu fundador um tal Álvaro Gonçalves Ferrão, cidadão de Viseu e casado com Branca Vaz da Costa, de quem teve a Leonor, que casou com Vasco Pais de Castelo Branco, deles provindo verosimilmente a família dos Ferrão Castelo Branco, cuja chefia parece estar, segundo o marquês de Abrantes D. Luis Gonzaga de Lancastre e Tavora, na Casa dos Condes da Ponte.
Essa chefia, contudo, parece desmentida pelo facto de em meados do século XV se terem fixado no termo de Lisboa, S. Julião do Tojal, Diogo Ferrão de Castelo Branco e Nuno Ferrão de Castelo Branco que receberam de aforamento feito por seu tio D. Nuno Alvares de Aguiar, primeiro cisterciense e abade do Mosteiro de Santa Maria de Aguiar e depois professo na Ordem dos Cónegos de Santo Agostinho e Dom Prior do Mosteiro de S. Vicente de Fora e mais tarde primeiro bispo de Tânger, apresentado por D. Afonso V, numerosas terras de que era senhorio o último Mosteiro.
As cartas de brasão recebidas por seus filhos na primeira metade do século XVI (cinco no total, com armas plenas de Castelo Branco e respectivas diferenças). Declaram-se estes irmãos Diogo e Nuno, e provavelmente Afonso Ferrão, cónego de S.Vicente, como filhos de Cristóvão Ferrão de castelo Branco, e netos de João Ferrão de Castelo Branco "O Velho", "que viveu em Pinhel", "todos do legítimo tronco deste apelido".
Deixaram numerosa descendência nos arredores de Lisboa, sobretudo Tojal, Aldeia Galega e Aldeia Gavinha, de entre a qual se destacam os viscondes de Veiros, os Guedes e Vilhegas de Castelo Branco, cuja representação passou por casamento aos Quinhones Mattos Cabral, os Rebelos de Vasconcelos, do Turcifal, os Condes de Tavarede, e muitos outros, entre os quais parece estar o escritor Camilo Castelo Branco.

(in, site Geneall)
________

Na zona de Borba noticiámos três famílias distintas, que usaram tal apelido. Todos essas linhas têm proveniência da zona da Guarda.

Ramo A:

O primeiro indivíduo que conseguimos documentar como ascendente desse ramo é António Ferrão, natural da localidade de Maceira, pertencente à freguesia de Fornos de Algodres, concelho da Guarda, nascido no primeiro quartel do séc. XVIII. Casou com Domingas Henriques, natural da localidade de Carvalhal Redondo, concelho de Nelas (Viseu).
Em 1819 casou na freguesia de Pardais (Vila Viçosa) José António Ferrão, descendente do casal supracitado. A ascendência deste individuo encontra-se documentada em várias genealogias manuscritas antigas que traçam a sua ligação a D. Afonso Henriques - primeiro rei de Portugal.
Deste indivíduo descendem alguns dos "Ferrões" da zona de Borba.

Ramo B:

Manuel Ferrão nasceu, provavelmente em data anterior a 1700, na freguesia de Lages, concelho de Seia, casou com Maria Rodrigues, da mesma localidade e tiveram um neto chamado Jacinto José Ferrão, nascido em Cativelos (Gouveia) e veio casar em 1780 em Rio de Moinhos, com Felícia da Encarnação. Esse casal deixou larga descendência na zona de Borba.

Ramo C:

Maria Álvares Ferrão, natural da freguesia de S. Romão, concelho de Seia, nascida nos finais do Séc. XVII ou início do Séc. XVIII, foi casada com João Lopes. Deste casal nasceu José Nunes Ferrão que foi casar a Castelo de Vide com Rita Catarina da Conceição. Tiveram vários filhos, entre os quais um Carlos Francisco Ferrão, que foi tabelião de notas em Castelo de Vide, casado com Luzia Joaquina, filha de Manuel dos Santos Cordeiro e de Francisca Dias, todos da referida vila.

Bernardo António Boto Ferrão era proveniente desta linha, natural de Rio de Moinhos e aí casado em 1888 com Leopoldina da Conceição Maneta. 
Deste casal descendem muitos daqueles que ainda usam o apelido Boto e Ferrão na aldeia da Nora, Rio de Moinhos e Borba.

Ramo A




Primeira Geração

      1. António Ferrão nasceu / foi bapt. cerca de 1710 em Maceira - Fornos de Algodres.
António casou com Domingas Henriques. Domingas nasceu / foi bapt. em Carvalhal Redondo - Nelas.

Tiveram os seguintes filhos:

+          2 M        i.  Matias Ferrão.
               3 M       ii.  Manuel Ferrão nasceu / foi bapt. em São Paio – Gouveia.
Manuel casou com Helena Gomes, filha de Diogo Gomes e Luísa Dias, em 12.maio.1728 em Arcozelo da Serra - Gouveia. Helena nasceu / foi bapt. em Arcozelo da Serra - Gouveia.


Segunda Geração

      2. Matias Ferrão (António) nasceu / foi bapt. em Maceira - Fornos de Algodres.
Matias casou com Maria de Aguiar, filha de Francisco Fernandes e Maria de Aguiar. Maria nasceu / foi bapt. em São Paio – Gouveia.

Tiveram os seguintes filhos:

+          4 M        i.  António Ferrão de Aguiar nasceu / foi bapt.  cerca de 1740.
               5 F        ii.  Maria nasceu / foi bapt. em 21.setembro.1743 em São Paio - Gouveia e foi baptizada em 26.setembro.1743 em São Paio – Gouveia.


Terceira Geração

      4. António Ferrão de Aguiar (Matias, António) nasceu / foi bapt. cerca de 1740 em São Paio – Gouveia.
António casou com Bernarda Maria da Cunha Vicente, filha de Geraldo da Cunha e Maria Vicente. Bernarda nasceu / foi bapt. em 12.janeiro.1749 em Cortiçô da Serra  - Celorico da Beira e foi baptizada em 20.janeiro.1749 em Cortiçô da Serra .

Tiveram os seguintes filhos:

+          6 M        i.  José Vicente da Cunha Ferrão nasceu / foi bapt.  em 7.setembro.1770.
               7 F        ii.  Maria nasceu / foi bapt. em 6.agosto.1772 em Cortiçô da Serra e foi baptizada em 16.agosto.1772 em Cortiçô da Serra .
               8 F       iii.  Maria Vicente da Cunha nasceu / foi bapt. em 22.dezembro.1773 em Cortiçô da Serra e foi baptizada em 28.dezembro.1773 em Cortiçô da Serra .
Maria casou com António Pires Veloso de Moura, filho de Francisco Caetano de Moura e Maria Alexandra, em 11.julho.1809 em Salgueirais, Celorico da Beira. António nasceu / foi bapt. em Cortiçô da Serra.

               9 F       iv.  Luísa nasceu / foi bapt. em 11.setembro.1775 em Cortiçô da Serra e foi baptizada em Cortiçô da Serra.
             10 F        v.  Ana nasceu / foi bapt. em Cortiçô da Serra e foi baptizada em 3.fevereiro.1777 em Cortiçô da Serra .


Quarta Geração

      6. José Vicente da Cunha Ferrão (António Ferrão de Aguiar, Matias, António) nasceu / foi bapt. em 7.setembro.1770 em Cortiçô da Serra e foi baptizado em 15.setembro.1770 em Cortiçô da Serra.
José casou com Maria da Trindade, filha de José Nunes e Águeda Maria da Cunha da Fonseca, em 12.setembro.1791 em Cortiçô da Serra. Maria nasceu / foi bapt. em 31.outubro.1771 em Mourela - Cortiçô da Serra e foi baptizada em 7.novembro.1771 em Cortiçô da Serra .

Tiveram os seguintes filhos:

+        11 M        i.  José António Ferrão nasceu / foi bapt.  em 27.setembro.1792.


Quinta Geração

    11. José António Ferrão (José Vicente da Cunha Ferrão, António Ferrão de Aguiar, Matias, António) nasceu / foi bapt. em 27.setembro.1792 em Cortiçô da Serra.
José casou com Vitória de Jesus, filha de António Pires e Inácia de Jesus, em 13.setembro.1819 em Pardais, Vila Viçosa. Vitória nasceu / foi bapt. em Rio de Moinhos - Borba. Ela faleceu em 28.novembro.1857 em Rio de Moinhos - Borba.

Tiveram os seguintes filhos:

+        12 F         i.  Eudóxia Maria Ferrão nasceu / foi bapt.  em 7.abril.1823.
             13 F        ii.  Maria Joaquina.
Maria casou com Inácio da Silva, filho de António Alves e Josefa Maria, cerca de 1840 em Rio de Moinhos - Borba.


Sexta Geração

    12. Eudóxia Maria Ferrão (José António Ferrão, José Vicente da Cunha Ferrão, António Ferrão de Aguiar, Matias, António) nasceu / foi bapt. em 7.abril.1823 em Bencatel - Vila Viçosa e foi baptizada em 15.abril.1823 em Bencatel - Vila Viçosa .
Eudóxia casou com Francisco Maria da Silva Geadas, filho de Manuel da Silva Geadas e Mariana Teresa, em 30.janeiro.1842 em Rio de Moinhos - Borba. Francisco nasceu / foi bapt. em Rio de Moinhos - Borba.

Tiveram os seguintes filhos:

+        14 M        i.  Manuel Joaquim Geadas "Margias" nasceu / foi bapt.  cerca de 1843 e faleceu Depois de 1908.

+        15 M       ii.  João Francisco Geadas nasceu / foi bapt.  em 11.novembro.1844.
             16 F       iii.  Fortunata nasceu / foi bapt. em 7.outubro.1846 em Rio de Moinhos - Borba. Ela

faleceu em 15.maio.1859 em Rio de Moinhos - Borba.
             17 F       iv.  Fortunata faleceu em 15.maio.1849 em Rio de Moinhos - Borba.
             18 M       v.  José faleceu em 9.agosto.1859 em Rio de Moinhos - Borba.
             19 F       vi.  Maria Joana nasceu / foi bapt. em 9.junho.1850 em Rio de Moinhos - Borba. Ela faleceu em 31.julho.1896 em Rio de Moinhos - Borba.
             20 F      vii.  Rosalina nasceu / foi bapt. em 6.dezembro.1853 em Rio de Moinhos - Borba.
             21 M    viii.  José nasceu / foi bapt. em 1.novembro.1856 em Rio de Moinhos - Borba e foi baptizado em 16.novembro.1856 em Rio de Moinhos - Borba. Faleceu em 25.janeiro.1942 na Matriz de Borba.
             22 M      ix.  Joaquim nasceu / foi bapt. em 29.junho.1858 em Rio de Moinhos - Borba e foi baptizado em 4.julho.1858 em Rio de Moinhos - Borba. Faleceu em 3.janeiro.1859 em Rio de Moinhos - Borba.


Sétima Geração

    14. Manuel Joaquim Geadas "Margias" (Eudóxia Maria Ferrão, José António Ferrão, José Vicente da Cunha Ferrão, António Ferrão de Aguiar, Matias, António) nasceu / foi bapt. cerca de 1843 em Rio de Moinhos - Borba e foi baptizado em Rio de Moinhos - Borba. Faleceu depois de 1908.
Manuel casou com Vitória Maria Letras, filha de Rafael José Letras e Maria das Dores Bocanha, em 19.outubro.1873 em Rio de Moinhos - Borba. Vitória nasceu / foi bapt. em 27.março.1847 em Rio de Moinhos - Borba e foi baptizada em Rio de Moinhos - Borba.

Tiveram os seguintes filhos:

+        23 M        i.  José Geadas "Margias".

+        24 F        ii.  Domingas Romana Geadas nasceu / foi bapt.  em 29.julho.1878.
             25 F       iii.  Vitória Maria Letras Geadas nasceu / foi bapt. cerca de 1877 em Rio de Moinhos - Borba. Ela faleceu em 12.julho.1897 em Rio de Moinhos - Borba.
Vitória casou com José Rodrigues Barradas, filho de Manuel Joaquim Barradas e Joana Maria, em 1896 em Rio de Moinhos - Borba. José nasceu / foi bapt. em Rio de Moinhos - Borba.

+        26 F       iv.  Adelina Geadas nasceu / foi bapt.  em 17.dezembro.1882.

+        27 M       v.  João Rafael Geadas "Margias" nasceu / foi bapt.  em 10.junho.1885 e faleceu em 2.março.1957.

    15. João Francisco Geadas (Eudóxia Maria Ferrão, José António Ferrão, José Vicente da Cunha Ferrão, António Ferrão de Aguiar, Matias, António) nasceu / foi bapt. em 11.novembro.1844 em Rio de Moinhos - Borba.
João casou com Joana Maria, filha de Inácio das Dores Batata e Maria Inácia. Joana nasceu / foi bapt. em Rio de Moinhos - Borba.

Tiveram os seguintes filhos:
             28 M        i.  José nasceu / foi bapt. em 20.outubro.1870 em Rio de Moinhos - Borba.

Sem comentários:

Enviar um comentário