Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Moreno

- Granja / Mourão -
Por: Luís J. R. Martins
___

§ 1 (único)

Primeira Geração

1. Pedro Esteves que nasceu antes de 1610 e casou com Brites Moreno.      
Tiveram:  

+     2.M    i.  Diogo Moreno que casou na Caridade – Reguengos de Monsaraz a 20-6-1655 com Maria Gonçalves filha de Diogo Fernandes e de Catarina Domingues.
+     3.M    i.  Pedro Moreno que se casou na Caridade a 4-10-1659 com Catarina Fialho já viúva de João Gomes filha de Pedro Tomé e de Margarida Lobato. 

____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Moreno

- Santo Antão / Évora -
Por: Luís J. R. Martins
____

§ 1

Primeira Geração

1.Luzia Morena que nasceu anteriormente a 1644 e se casou com João Gonçalves.      
Tiveram:  

+     2.F    i.  Catarina Moreno


Segunda Geração

2.Catarina Moreno, casou na Igreja de Santo Antão – Évora a 18-11-1674 com António Fernandes filho de Miguel Dias e de Maria Dias. Foram testemunhas Manuel Gomes e António Simões.
Tiveram:  

+     3M    i.  João Martins


Terceira Geração

3.João Martins, baptizado na Se de Évora a 19-11-1679, foi padrinho João Roiz. Casou na mesma Igreja a 4-9-1712 com Ana Morena, natural da Granja - Mourão, já viúva de António Roiz. Testemunharam Manuel Roiz e João Valente de Oliveira.
Tiveram:  

+     4M    i.  Rodrigo da Fonseca

Quarta Geração
4.Rodrigo da Fonseca, baptizado na Se de Évora a 10-12-1720, foi padrinho o Padre Rodrigo da Fonseca e madrinha Catarina de Jesus. Casou na mesma Igreja a 3-10-1745 com Inês Luísa filha de Mateus Fernandes e de Maria Rodrigues.
Tiveram:  

+     5F    i.  Rita de Jesus


Quinta Geração

5.Rita de Jesus, com António Francisco, natural da Se de Évora, filho de Manuel Francisco e de Maria Catarina, naturais da Cidade de Leiria
Tiveram:  

+     6M    i.  Felisberto dos Santos


Sexta Geração

6.Felisberto dos Santos, nasceu a 28-8-1801 e foi baptizado na Se de Évora a 6-9-1801, casou na mesma Igreja a 30-1-1822 com Rosa Jacinta filha de Joaquim Lopes da Cruz e de Josefa de Jesus.
(Segue no Titulo Lopes da Cruz)
_____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Fialho

- Caridade / Reguengos de Monsaraz -
Por: Luís J. R. Martins
____

§ 1

Primeira Geração

1. Pedro Tomé que terá nascido anteriormente a 1620 e casou com Margarida Lobato, sem mais notícia.
Tiveram:  

+     2.M    i.  Catarina Fialho que se segue: 


Segunda Geração

2. Catarina Fialho que casou a 1ª vez na Caridade a 6-6-1650 Com João Gomes, foram testemunhas o Capitão Domingos Pires Gato e sua mulher Catarina Fernandes, Maria Lopes e seu marido Domingos Velho. Casou 2ª vez na mesma Igreja a 4-10-1659 com Pedro Moreno natural da Granja - Mourão, filho de Pedro Esteves e de Brites Moreno. Testemunharam João Martins, Francisco Alvares Ermitão.
Teve a seguinte filha (2º casamento):

+     3.M    i.  Catarina Fialho que se segue: 

Terceira Geração

3. Catarina Fialho que casou na Caridade a 23-11-1692 com António Roiz filho de António Roiz e de Maria Gomes, foram testemunhas João Gonçalves (...), Margarida Velha e Manuel Carrasco. Na altura eram ambos moradores no Reguengo de Cima.
Tiveram:

+     4.M    i.  Maria Fialho que se segue: 

Quarta Geração

4. Maria Fialho que casou na Caridade a 162-1716 com José Martins natural do termo de Reguengos, filho de Domingos Martins e de Maria Domingues. Testemunharam o capitão Manuel da Rosa Balça, Leonor Gomes, Margarida Mendes e Manuel Mendes Pires.
Tiveram:

+     5.M    i.  António Martins que se segue: 


Quinta Geração

5. António Martins que casou com Isabel Maria natural de Campo Maior, filha de António Gomes e de Maria Martins. Este casamento não foi localizado.
(Segue no ttº Cid e no ttº Aguiar)
____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Martins

- São Bento do Mato / Évora -
Por: Luís J. R. Martins
____

§ 1

Primeira Geração

1.João Martins, casou com Francisca Gomes.
Tiveram os seguintes filhos:

+     2.M   i.  José, baptizado na Igrejinha a 21-12-1682, foi padrinho João Garcia Piteira e madrinha Ana de Barros.
+     3.F     ii.  Vicencia, baptizado em São Bento do Mato a 16-1-1686.
+     4.M   iii. Francisco, baptizado em São bento do Mato a 12-2-1689, foi padrinho José de  Figueiredo e madrinha Sebastiana Nunes.
+     5.F     iv. Teresa Martins
+     6.M   v.  Manuel Martins

Segunda Geração

5.Teresa Martins, baptizada em São Bento do Mato a 7-2-1691, foi padrinho José de Figueiredo e madrinha Catarina Nunes. Casou na Igreja de São Gregório a 19-2-1708 com Francisco de Abreu natural da Vila do Mendo / Viseu, filho de António de Abreu e de Isabel Rodrigues.
Tiveram os seguintes filhos:

+    7.M   i.  Cristóvão Martins
+    8.F    ii.  Joana Teresa, casou duas vezes, a 1ª com José Rosado e a 2ª com Luís Furtado.
+    9.M   iii. Maria Teresa, casou em São Gregório com José Furtado.

6. Manuel Martins, casou em São Miguel de Machede a 1-10-1710 com Maria Dias filha de António Dias e de Maria Francisca.
Tiveram:

+    10.M   i.  Rosa Maria


Terceira Geração

7.Cristovão Martins, baptizada em Santana do campo a 7-1-1720, casou na Igreja Matriz de Arraiolos a 3-5-1750 com Josefa Maria filha de Manuel da Silva e de Rosa Maria.
(Segue no tt.º Silva)

10.Rosa Maria, baptizada em São Miguel de Machede a 15-7-1711, casou na mesma Igreja a 29-9-1727 com André Rosado filho de João Rosado e de Maria Francisca.
_____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Costa

- São Miguel de Machede / Évora -
Por: Luís J. R. Martins
____

§ 1 

Primeira Geração

1. João Fernandes que nasceu em data anterior a 1580 e se casou com Catarina da Costa.
Tiveram:

+     2F    i.  Isabel Fernandes
+     3M   ii. Bento da Costa

Segunda Geração

2. Isabel Fernandes, casou em São Miguel de Machede a 14-10-1601 com Jorge Gonçalves natural do Bispado de Coimbra. Testemunharam Braz Domingos, Manuel de Carvalho, Tomé Fernandes, Padre Lourenço Gaspar Nabo e Francisco Gonçalves Tição.
Tiveram os seguintes filhos:

       4.F    i.  Maria, baptizada em São Miguel de Machede a 25-7-1602.
       5.F    ii. Catarina, baptizada em São Miguel de Machede a 18-1-1604.
       6.F    iii. Isabel, baptizada em São Miguel de Machede a 19-3-1606, foi padrinho Paulo Nunes morador na Toura.
       7.M   iv. Bernardo, baptizado em São Bento do mato a 1-8-1618.
+     8.F    v.  Escolástica Gonçalves

3. Bento da Costa, casou em Santo Antão / Évora a 19-9-1621 com Domingas Silvestre filha de Amaro Lopes e de Sebastiana Gomes, foi padrinho Amaro Lopes e madrinha Sebastiana Gomes e testemunhas Miguel da Costa, Pedro Luís, alfaiate, morador na Graça do Divor e Francisca Fernandes.

Segunda Geração

8. Escolástica Gonçalves (ou Jorge), casou em São Bento do Mato a 7-8-1639 com Domingos Banha filho de Mateus domingos e de Maria Banha, foram testemunhas Bento Manuel, Manuel Fernandes e Maria Jorge Henriques.
_____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Banha II

- Graça do Divor / Évora -
Por: Luís J. R. Martins
____
§ 1 

Primeira Geração

1. José Fernandes, casou com Domingas Banha. Em 1638 moravam no Pomarinho do Regedor. Domingas casa novamente com Vicente Ferreira filho de Pedro Braz e de Brites Francisca, na Graça do Divor a 27-6-1647.

Tiveram os seguintes filhos (1ª casamento):

       2.M  i.   Manuel, baptizado na Graça a 24-5-1631, foi padrinho Amador Banha e madrinha Jerónimo Correia.
       3.F   ii.  Maria, baptizada  na Graça a 23-12-1632, foi padrinho Amador Banha
       4.F   iii. Sebastiana, baptizada  na Graça a 15-1-1635, foi padrinho António Lopes e madrinha Isabel Banha.
+     5.M  iv. Manuel Banha
+     6.F   v.  Ana Banha

Segunda Geração

5. Manuel Banha, baptizado na Graça a 16-1-1638, foi padrinho Francisco Botelho de Matos e madrinha Gracia Rosado. Casou na Se de Évora a 15-10-1664 com Isabel Luís filha de Manuel Domingos e de Maria Luís.
6. Ana Banha, baptizada na Graça do Divor a 6-10-1640, foi padrinho Bartolomeu Dias Banha. Casou a 1ª vez com Manuel Roiz em local que se ignora, e a 2ª vez na Graça do Divor a 29-7-1659 com Miguel Rosado já viúvo de Antónia Ribeira.
Tiveram:

+     7.F    i.  Maria Rosada
+     8.F    ii.  Catarina Banha, casou na Se de Évora a 3-3-1712 com António Fernandes (viúvo de Joana do Sacramento), testemunharam José da Silva e Manuel Pinheiro.
+     9.F    iii. Joana Rosada, casou na Se de Évora a 28-9-1698 com António Alvares, natural de São Miguel de Machede e já viúvo de Isabel Mendes. Foram testemunhas Sebastião Calado e Francisco Rosado.


Terceira Geração

7. Maria Rosada, casou na Igrejinha a 25-8-1683 com Manuel Banha filho de Domingos Banha e de Escolástica Gonçalves.
(Segue no ttº  Banha I)
______

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Banha I

- São Bento do Mato / Évora -
Por: Luís J. R. Martins
____
§ 1 

Primeira Geração

1. Maria Banha que casou com Mateus Domingos.
Tiveram:

+     2.M   i.  Domingos Banha

Segunda Geração

2. Domingos Banha, baptizado em São Bento do Mato a 26-2-1612, foi padrinho Manuel Fernandes e madrinha Domingas Dias. Casou na mesma Igreja a 7-8-1639 com Escolástica Gonçalves filha de Jorge Gonçalves e de Isabel Fernandes. Foram testemunhas Bento Manuel, Manuel Fernandes e Maria Jorge Henriques. Em 1640 moravam nas Casas Velhas. Escolástica  faleceu e foi sepultada na Igrejinha a + 22-9-1685, era na altura Lavradora da Fonte Branca na Igrejinha e já viúva de seu segundo marido Pedro Braz.

Tiveram os seguintes filhos (do 1ª casamento):

        3.F    i.  Luísa, baptizada em São Bento do Mato a 10-9-1640, foi padrinho Bartolomeu Jorge e madrinha Lúcia Henriques.
+     4.M  ii.  Manuel Banha
        5.M  iii. António, baptizado em São Bento do Mato a 7-11-1644, foi padrinho Manuel Braz e madrinha Isabel Braz.
        6.F    iv. Catarina, baptizada em São Bento do Mato a 26-7-1647, foi padrinho Francisco Manuel e madrinha Luísa Leal.
        7.M  v.  Maria, baptizada em São Bento do Mato a 21-8-1648, foi padrinho Francisco
                     Manuel e madrinha Isabel Braz.
        8.M  iii. Mateus, baptizada em São Bento do Mato a 23-9-1650.

Segunda Geração

4. Manuel Banha, baptizado em São Bento do Mato a 14-9-1642, foi padrinho Bento Jorge e madrinha Isabel Gonçalves. Casou na Igrejinha a 25-8-1683 com Maria Rosada filha de Miguel Rosado e de Ana Banha, foram padrinhos António Roiz Pinto e Manuel Domingos. Foram Lavradores da Fonte Branca na Igrejinha. Manuel faleceu a +17-3-1719 e Maria Rosada a +23-10-1734, ambos sepultados na Igrejinha. (cf. ttº Banha II)

Tiveram os seguintes filhos:

       9.F   i.  Inês Rosado, baptizada na Igrejinha a 28-1-1686, faleceu e foi sepultada na mesma Igreja a + 25-6-1719.
     10.M  ii.  Domingos Banha, baptizado na Igrejinha a 1-10-1689, faleceu e foi sepultado na Igrejinha a + 27-4-1713.
+  11.F   iii. Helena Rosado
     12.M  iv. António, baptizado na Igrejinha a 20-5-1697, foi padrinho José Varela Moreno e madrinha Isabel de Faria.


Terceira Geração

11. Helena Rosado, baptizada na Igrejinha a 12-1-1695, foi padrinho André Roiz Pinto e madrinha Helena da Cruz. Casou na mesma Igreja a 19-10-1715 com José Marques filho de Manuel Marques e de Brites Franca. Helena faleceu e foi sepultada na Igrejinha a + 10-11-1720.
( Segue no ttº Marques)

_____

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Prates

- São Bento do Mato / Évora -
____


Primeira Geração

        1. António Brás Pegado nasceu em (...). Viveu em Évora.
António casou com Margarida Francisca. Margarida nasceu em (...).

Tiveram, pelo menos, a seguinte filha:

+              2  F             i.   Francisca Moreno.


Segunda Geração

        2. Francisca Moreno (António Brás).
Francisca casou com Manuel Martins, filho de Francisco Martins e Inocência Brás, em 1628 em São Bento do Mato.

Tiveram os seguintes filhos:
                    3  M           i.   Manuel Martins foi baptizado em 1629 em São Bento do Mato.
Manuel casou com Catarina Pinto em 1664 em São Bento do Mato.
                    4  F            ii.   Paula Moreno nasceu em São Bento do Mato e foi baptizada em 1636 em São Bento do Mato .
Paula casou com Manuel Dias, filho de António Dias e (...) Gonçalves, em 1661 em São Bento do Mato.
                    5  F           iii.   Maria foi baptizada em 1631 em São Bento do Mato .
                    6  F           iv.   Helena foi baptizada em 1638 em São Bento do Mato .
                    7  F            v.   Joana foi baptizada em 1641 em São Bento do Mato .

  +              8  M         vi.   António Moreno.
                    9  M        vii.   Bento foi baptizado em 1652 em São Bento do Mato.


Terceira Geração

        8. António Moreno (Francisca Moreno, António Brás) nasceu em São Bento do Mato. Foi lavrador da Herdade da Camoeira, em São Bento do Mato.
António casou com Catarina Prates, filha de Bento Jorge e Catarina Pinto, em 1679 em São Bento do Mato. Catarina nasceu em São Bento do Mato e foi baptizada em 1660 em São Bento do Mato .

Tiveram os seguintes filhos:

 +            10  F             i.   Maria Prates nasceu  em 1679.
                  11  F            ii.   Josefa foi baptizada em 1683 em São Bento do Mato.
                  12  F           iii.   Teresa foi baptizada em 1685 em São Bento do Mato .
                  13  M         iv.   Francisco foi baptizado em 1687 em São Bento do Mato.
                  14  M          v.   António foi baptizado em 1692 em São Bento do Mato.
                  15  F           vi.   Gracia foi baptizada em 1694 em São Bento do Mato .
                  16  F          vii.   Sebastiana foi baptizada em 1697 em São Bento do Mato .


Quarta Geração

      10. Maria Prates (António Moreno, Francisca Moreno, António Brás) nasceu em 1679 em São Bento do Mato.
Maria casou com António Simões. António nasceu cerca de 1675 em Rominha - Alvaiázere,  cg.
_______

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Álvares

- S. Gregório / Arraiolos -
Por: Luís J. R. Martins
_____
§ 1

Primeira Geração

1. Luís Dias que nasceu antes de 1615 e se casou com Isabel Alvares, foram lavradores da Herdade da Pontega em São Gregório. Luis faleceu a 28-8-1657 e Isabel a 19-12-1660 na referida herdade e foram sepultados na Igreja de São Gregório.
Tiveram os seguintes filhos:

+    2.M   i.   André Alvares
+    3.M   ii.  Diogo Gil que nascera em 1635 (1), foi Lavrador da Herdade da Pontega, foi
                     nomeado tutor dos irmãos após o falecimento dos Pais(1).
+    4.M   iii. Manuel Alvares, casou a 25-1-1693 em São Gregório com Apolónia Vinagre
                     já viúva de António Coelho.
+    5.M   iv.  António Dias
+    6.F     v.  Maria Luís (1), faleceu na Herdade da Pontega a + 4-4-1676 e foi sepultada na Igreja de São Gregório.
+    7.F     vi.  Catarina Luís (1), sem mais noticia.
+    8.M   vii. Sebastião Luís, foi baptizado em Santana do Campo a 24-1-1646, foi padrinho Luís Pais e madrinha Isabel Pinto. Sebastião Luís faleceu na Herdade da Pontega a 16-12-1672 e foi sepultado na Igreja de São Gregório.


Segunda Geração

2. André Alvares, baptizado em Santana do Campo a 18-12-1648, foi padrinho o Padre Jerónimo Coelho de Oliveira e madrinha Isabel Pinto. Casou em São Gregório a 17-1-1683 com Maria Luís filha de André Luís e de Inês Chaveira.  (tt.º Chaveiros I)
Tiveram os seguintes filhos:

+    9.F    i.   Ana Giloa 
+  10.F    ii.  Isabel Alvares
+  11.M   iii. António Luís
+  12.M   iv. José Chaveiro, baptizado em São Gregório a 15-3-1699, casou na mesma Igreja a 24-1-1724 com Catarina Coelha filha de Manuel Mendes e de Isabel Pinto.  (ttº Coelho I)
+ 13.M    v.  André Alvares que se casou em São Gregório a 22-12-1732 com Florencia Maria filha de António Luís e de Catarina Rebocho. (ttº Rebocho III)
+ 14.F     vi.  Maria Luís
 
5. António Dias, casou na Igrejinha a 11-10-1677 com Catarina Vidigal filha de Francisco Vidigal e de Maria Gonçalves.
Tiveram:

+ 15.M   i. Domingos Vidigal, casou em São Miguel de Machede a 18-5-1710 com Maria Fialho (já viúva de Francisco Rosado), filha de André Domingos e de Maria Fialho.


Quarta Geração

9. Ana Giloa, baptizada a 10-11-1686 (gémea de Isabel Alvares) em São Gregório, foi seu padrinho o tio paterno Diogo Gil e Ana Luís, casou na mesma Igreja a 12-2-1710 com Bento Mendes filho de Manuel Mendes e de Isabel Pinto. (ttº Mendes)
Tiveram os seguintes filhos:

+ 16.F   i. Isabel Coelha
+ 17.F   ii. Maria Gil
+ 18.F   iii. Páscoa Gil, baptizada em São Gregório a 4-4-1723, casou na mesma Igreja a 17-12-1753 com António Ramalho filho de Manuel Carrasco e de Margarida Ramalho
+ 19.F   iv. Rosa Maria

10.Isabel Alvares, baptizada a 10-11-1686 em São Gregório, foram padrinho Manuel Alvares e Gaspar Chaveiro. Casou na mesma Igreja com Gregório Mendes filho de Manuel Mendes e de Isabel Pinto. (ttº Mendes)
Tiveram os seguintes filhos:

+ 20.F   i.  Maria Alvares
+ 21.F   ii. Mariana Luís que casou em São Gregório a 12-5-1748 com José Dordio filho de Manuel Carrasco e de Brígida Rodrigues
+ 22.M   iii. Manuel Alvares, baptizado em São Gregório a 7-7-1710, casa na mesma Igreja a 27-9-1750 com Brígida da Guerra filha de António Cardoso e de Mariana da Guerra
+ 23.F   iv. Isabel Alvares que casou em São Gregório a 6-10-1754 com António Luís filho de António Luís e de Maria Teles.

11. António Luís, baptizado em São Gregório a 30-5-1699. Casa a 24-9-1719 com Maria da Guerra filha de Domingos Carrasco e de Isabel Dordio. (ttº Carrascos)
Tiveram:

+ 24.F   i. Isabel Dordia

14. Maria Luís, casou em São Gregório a 9-2-1735 com Pedro da Guerra filho de Francisco da Guerra e de Margarida Pires. Maria casou segunda vez na mesma Igreja a 15-11-1735 com João Rodrigues, natural da Igrejinha filho de António Marques e de Brites dos Santos.


Quinta Geração

16. Isabel Coelha, baptizada em São Gregório a 8-8-1712, casou na mesma Igreja a 17-8-1732 com João Rosado filho de Sebastião Rosado e de Helena Figueira. Testemunharam Manuel Rosado, lavrador da Herdade do Coval e Romão Luís, lavrador da Herdade da Serra. 
(Segue no Titulo Rosado I)

17. Maria Gil, baptizada em São Gregório a 8-1-1718, casou na mesma Igreja a 28-1-1730 com Duarte Lopes filho de Domingos do Amaral e de Margarida Lopes, naturais do lugar de Cativelos, freguesia de São Sebastião, termo do Casal. Casou segunda vez em São Gregório a 26-8-1742 com João Rodrigues (já viúvo de Joana Fragosa).

19. Rosa Maria que casou em São Gregório a 22-10-1738 com António Rodrigues filho de Sebastião Rosado e de Páscoa Rodrigues. 
(Segue no Titulo Rosado I)

20. Maria Alvares que se casou em São gregório a 14-8-1735 com Francisco Rosado filho de Sebastião Rosado e de Helena Figueira.   
(Segue no Titulo Rosado I)

24. Isabel Dordia que se casou com Francisco Luís filho de João Luís e de Mariana Fragosa
Tiveram:

+ 24.F   i.  Rosália Maria

Sexta Geração

24.Rosalia Maria, baptizada em São Pedro da Gafanhoeira a 22-2-1756, casou com Tomé de Mira filho de Manuel Coelho e de Andressa de Mira.
Tiveram:

+ 25.M   i. José de Mira Coelho

Sétima Geração

25. José de Mira Coelho, baptizado em São Pedro da Gafanhoeira a 1-12-1784. Casou na Igreja Matriz de Arraiolos a 3.11-1816 com Bernardina de Jesus filha de Bernardino Piteira e de Antónia Luísa.
Tiveram:

+ 26.M   i. Bernardino José de Mira, com descendência conhecida.

(1) Segundo informação retirada do Inventario Orfanológico de Luís Dias de 1657, Arquivo Municipal de Arraiolos.
_____


Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Vaz Silva

- Arraiolos - 
Por: Luís J. R. Martins
_______


Primeira Geração

1. Manuel Vaz, sapateiro, que terá nascido em data anterior a 1559, casou com Catarina Fernandes.  
Tiveram:

+   2.M  i.   Manuel Vaz, boticário, casado com Maria Fernandes (xv).
+   3.F   ii.  Brites Fernandes
+   4.M  iii. Francisco Vaz, morador na "Aldeia Galega" (Montijo).
+   5.M   iv. António Vaz, sapateiro, casado.
+   6.M   v.  Afonso Vaz (¼ xn)



Segunda Geração

3. Brites Fernandes, casou com André Cota (xv).
Tiveram:

+   7.M  i.   Domingos Cota
+   8.M   ii.  Salvador Cota
+   9.M  iii. João Cota

6. Afonso Vaz (¼ xn) casado com Maria Mendes da Silva (xv) filha de Diogo Mendes da Silva e de Camila Dias, naturais de Arraiolos.
Tiveram:

+  10.M  i.  Diogo da Silva
+  11.F   ii.  Maria Mendes, solteira de 50 anos de idade e moradora em
                    Évora (nasceu em 1593)
+  12.F   iii. Leonor da Silva.
+  13.M  iv. Manuel da Silva, soldado de 56 anos (nasceu em 1587),
                    morador na Baia de Todos os Santos - Brasil (Proc. 7352 IL).
+  14.M  v.  Francisco Mendes, sacristão, casado com Isabel Garcia.




Terceira Geração

10. Diogo da Silva (Proc. 10318 IE), que casou com D. Catarina da Cunha (também referida como Catarina do Vale)

14. Francisco Mendes, Sacristão, casado com Isabel Garcia.
Tiveram:

+  15.M  i.   Francisco Mendes, alfaiate (nasceu em 1619)
+  16.F   ii.  Diogo (nasceu em 1621).

Fontes: (Proc. 10318 IE, de 12.5.1639 - Diogo da Silva, natural de Arraiolos, Almoxarife dos Paços da Ribeira / Proc. 7352 IL, de 1643 - Manuel da Silva)
_____



Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Bispo

Primeira Geração

      1. Filipa Bispo.
Filipa casou com Manuel Fernandes.

Tiveram os seguintes filhos:

+          2 M        i.  João Bispo.
               3 F        ii.  D. Brites Bispo.
D. Brites Bispo casou com António Lopes Tenazes, filho de Pedro Lopes Tenazes, em 1576 em Borba (Matriz) - Évora.



Segunda Geração

      2. João Bispo (Filipa).

- Escrivão do Judicial de Borba

João casou com Ana Pereira, filha de Diogo Pereira e Violante Vaz, em 1585 em Borba (Matriz) - Évora.

Tiveram os seguintes filhos:

+          4 M        i.  Filipe Bispo.

+          5 M       ii.  Bento Pereira Barbosa.

+          6 M      iii.  Pedro Barbosa Pereira.

+          7 F       iv.  D. Maria Barbosa.


Terceira Geração

      4. Filipe Bispo (João, Filipa) nasceu em Borba.
Filipe casou com Catarina Lopes Soeiro, filha de Belchior Soeiro e Brites Lopes. Catarina nasceu em Vila Viçosa.

Catarina Lopes Soeiro foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 9863)

Filipe e Catarina tiveram os seguintes filhos:
               8 F         i.  Isabel Pereira Bispo foi baptizada em Borba a 19.5.1647.

Isabel foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IL 7150)

               9 M       ii.  António Pereira.
             10 M      iii.  João Bispo nasceu em Borba.

João Bispo foi preso pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 2837)

             11 F       iv.  Brites Bispo.

Brites Bispo foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 449)

             12 F        v.  Filipa Bispo foi baptizada em Borba a 20.1.1642.

Filipa Bispo foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IL 2966)

             13 F       vi.  Helena Bispo Pereira.

Helena Bispo Pereira foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 3792)

             14 F      vii.  Soror Leonor (Soeiro) Evangelista.

Chamava-se Leonor Soeiro, mas mudou para Leonor Evangelista ou do Espírito Santo ao dar entrada no convento da Esperança em vila Viçosa. Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 7005)

             15 F     viii.  Soror Antónia (Soeiro) de Jesus.

Chamava-se Antónia Soeiro, mas mudou para Antónia de Jesus ao ser admitida, com sua irmã Leonor, no convento da Esperança em vila Viçosa.

       5. Bento Pereira Barbosa (João, Filipa).

Foi advogado e procurador do Número em Borba,
Foi preso pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 4992)

Bento casou com Joana Lopes em 1623 em Borba (São Bartolomeu) - Évora.

Tiveram os seguintes filhos:
             16 M        i.  Cap. António Barbosa.

Foi capitão de auxiliares. Foi preso pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 9308)

             17 F        ii.  Violante Pereira Barbosa.

Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 7220)

             18 F       iii.  Ana Pereira.
             19 F       iv.  Joana Pereira.

Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 3109)

             20 F        v.  Cristina Pereira Barbosa.

Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 9132).
Foi sentenciada a relaxo à justiça secular, pois apesar de admoestada várias vezes, manteve a negativa.

             21 F       vi.  Ângela Barbosa.

Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 9944)

             22 F      vii.  Mariana Bispo.
             23 F     viii.  Helena Barbosa.

Foi presa pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 8013)


      6. Pedro Barbosa Pereira (João, Filipa).

- Escrivão das Águas de Prata em Évora. Era natural de Évora, mas residiu no Vimieiro.

Pedro casou com Maria Ferreira. Maria nasceu em Lisboa.

Tiveram os seguintes filhos:
             24 M        i.  Mateus Barbosa Pereira.
             25 M       ii.  João Barbosa.
             26 F       iii.  Filipa Bispo.
Filipa casou com António Vidigal, estudante de medicina.
             27 F       iv.  Ana Pereira Barbosa.
             28 F        v.  Feliciana Mendes.

      7. D. Maria Barbosa (João, Filipa).
Maria casou com Cap. Rodrigo da Cunha Ferreira.

- Rodrigo da Cunha Ferreira foi capitão-mór e governador de Borba. Foi enforcado pelos castelhanos, aquando da incursão destes pela praça de Borba.


Rodrigo e Maria tiveram o seguinte filho:
             29 M        i.  Cap. Francisco Ferreira da Cunha.

- Francisco Ferreira da Cunha foi capitão-mór e escrivão da Almotaçaria de Borba.
Foi preso pela Inquisição por culpas de judaísmo (proc. IE 8329)
______

Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço alengenea @ gmail.com (sem espaços)