Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Boto


Primeira Geração

      1. Lopo Fernandes Boto.
Lopo casou com Maria Gonçalves.

Eles tiveram os seguintes filhos

+          2 M        i.  Fernão Lourenço Boto.




Segunda Geração

      2. Fernão Lourenço Boto (Lopo Fernandes Boto).
Fernão casou com D. Inês de Sousa em 1574 em Matriz Borba.

Eles tiveram os seguintes filhos

+          3 M        i.  António Boto de Sousa.




Terceira Geração

      3. António Boto de Sousa (Fernão Lourenço Boto, Lopo Fernandes Boto).
António casou com D. Isabel de Morais em 1600 em Matriz Borba.

Eles tiveram os seguintes filhos

+          4 F         i.  D. Inês de Sousa.
               5 F        ii.  D. Joana de Morais nasceu em 1617 em Matriz Borba.

+          6 F       iii.  D. Maria Tavares.
               7 F       iv.  D. Guiomar nasceu em 1612 em Matriz Borba.
               8 F        v.  Francisca nasceu em 1610 em Matriz Borba.
               9 F       vi.  Margarida nasceu em 1614 em Matriz Borba.





Quarta Geração

      4. D.Inês de Sousa (António Boto de Sousa, Fernão Lourenço Boto, Lopo Fernandes Boto).
D.Inês de Sousa casou com Jerónimo da Veiga.

Eles tiveram os seguintes filhos

+        10 F         i.  D. Isabel de Morais.

      6. D. Maria Tavares (António Boto de Sousa, Fernão Lourenço Boto, Lopo Fernandes Boto).
D. Maria Tavares casou com António Nunes Freire em 1604 em Matriz Borba.

Eles tiveram os seguintes filhos
             11 M        i.  Fernão Boto.
Fernão casou-se com Margarida Tavares.





Quinta Geração

    10. D. Isabel de Morais (D.Inês de Sousa, António Boto de Sousa, Fernão Lourenço Boto, Lopo Fernandes Boto).
D. Isabel casou-se com Pedro Mendes Sequeira em 1650 em Matriz Borba.

Eles tiveram os seguintes filhos

+        12 M        i.  Félix Manuel de Sousa.




Sexta Geração

    12. Félix Manuel de Sousa (D. Isabel de Morais, D. Inês de Sousa, António Boto de Sousa, Fernão Lourenço Boto, Lopo Fernandes Boto).
Felix casou-se com D. Maria de Pina em 1675 em Matriz Borba.

Eles tiveram os seguintes filhos
             13 M        i.  Fernando Boto de Sousa.
Fernando casou-se com D. Leonor Josefa da Gama Lobo em 1715 em Madalena Olivença.


Ver também:

Ensaio sobre a origem medieval dos Boto, por Manuel Abranches de Soveral

Sem comentários:

Enviar um comentário