Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Serrano

Primeira Geração

      1. Bernardo António Serrano.
Bernardo casou-se com Petronilha de Jesus.

Eles tiveram os seguintes filhos
               2 F         i.   Maria Joaquina Serrano.
Maria casou-se com António Francisco.
               3 F        ii.   Matilde da Conceição Serrano.
Matilde casou-se com João Martins Pardal.
               4 M      iii.   Francisco Bernardo Serrano.
Francisco casou-se com Maria Joana Parreira em 1884 em Glória Estremoz.
               5 F       iv.   Maria da Conceição Serrano.
Maria casou-se com Dionísio Lopes em 1883 em Glória Estremoz.
               6 F        v.   Joaquina Conceição Serrano.
Joaquina casou-se com Francisco Manuel Borralho em 1881 em Glória Estremoz.
               7 F       vi.   Antónia Maria Serrano.
Antónia casou-se com Damásio José Botas em 1880 em Glória Estremoz.

5 comentários:

  1. Matilde da Conceição Serrano casada com João Martins Pardal foram ascendentes paternos do meu marido. Gostava de saber se tem mais elementos relativos a esta família e a este ramo.
    Grata
    Teresa Costa Pardal
    Monte do Olival, Glória
    Estremoz
    pardal.teresa@gmail.com
    tgil@iol.pt

    ResponderEliminar
  2. Cara Teresa Costa Pardal,

    Agradeço o seu contacto.
    Relativamente à família mencionada, na presente data apenas posso adiantar que João Martins Pardal e Matilde da Conceição Serrano casaram na freguesia da Glória em 1884, sendo ele filho de Isidoro Martins Pardal e de Mariana de Jesus. Este último casal teve, além de João Martins Pardal, pelo menos mais dois filhos:

    a) José João Pardal, que casou na mesma freguesia em 1891 com Laurinda Rosa, filha de Higino António e de Apolónia Maria.

    b) Maria Isidora, que casou na Matriz de Estremoz em 1897 com António João Figueiredo, filho de Manuel João Figueiredo e de sua mulher Luísa Almeida Videira.

    Suponho que não se considere tarefa difícil completar esta informação com alguns dados adicionais e recuar no estudo da linha ascendente dos referidos indivíduos, todavia, tal implicará sempre alguma investigação no Arquivo Distrital de Évora.

    Cordiais cumprimentos,
    Alengenea

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito agradeço a sua disponibilidade e amabilidade!
      Grata
      Teresa Pardal

      Eliminar
  3. boa noite,sabem me diser se o Joao martins pardal nasceu em Ervidel??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua intervenção.
      Lamentavelmente, não me é, neste momento, possível confirmar se João Martins Pardal terá nascido em Ervidel.

      Cumprimentos,
      Alengenea

      Eliminar