Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Serrano

Primeira Geração

      1. Bernardo António Serrano.
Bernardo casou-se com Petronilha de Jesus.

Eles tiveram os seguintes filhos
               2 F         i.   Maria Joaquina Serrano.
Maria casou-se com António Francisco.
               3 F        ii.   Matilde da Conceição Serrano.
Matilde casou-se com João Martins Pardal.
               4 M      iii.   Francisco Bernardo Serrano.
Francisco casou-se com Maria Joana Parreira em 1884 em Glória Estremoz.
               5 F       iv.   Maria da Conceição Serrano.
Maria casou-se com Dionísio Lopes em 1883 em Glória Estremoz.
               6 F        v.   Joaquina Conceição Serrano.
Joaquina casou-se com Francisco Manuel Borralho em 1881 em Glória Estremoz.
               7 F       vi.   Antónia Maria Serrano.
Antónia casou-se com Damásio José Botas em 1880 em Glória Estremoz.

6 comentários:

  1. Matilde da Conceição Serrano casada com João Martins Pardal foram ascendentes paternos do meu marido. Gostava de saber se tem mais elementos relativos a esta família e a este ramo.
    Grata
    Teresa Costa Pardal
    Monte do Olival, Glória
    Estremoz
    pardal.teresa@gmail.com
    tgil@iol.pt

    ResponderEliminar
  2. Cara Teresa Costa Pardal,

    Agradeço o seu contacto.
    Relativamente à família mencionada, na presente data apenas posso adiantar que João Martins Pardal e Matilde da Conceição Serrano casaram na freguesia da Glória em 1884, sendo ele filho de Isidoro Martins Pardal e de Mariana de Jesus. Este último casal teve, além de João Martins Pardal, pelo menos mais dois filhos:

    a) José João Pardal, que casou na mesma freguesia em 1891 com Laurinda Rosa, filha de Higino António e de Apolónia Maria.

    b) Maria Isidora, que casou na Matriz de Estremoz em 1897 com António João Figueiredo, filho de Manuel João Figueiredo e de sua mulher Luísa Almeida Videira.

    Suponho que não se considere tarefa difícil completar esta informação com alguns dados adicionais e recuar no estudo da linha ascendente dos referidos indivíduos, todavia, tal implicará sempre alguma investigação no Arquivo Distrital de Évora.

    Cordiais cumprimentos,
    Alengenea

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito agradeço a sua disponibilidade e amabilidade!
      Grata
      Teresa Pardal

      Eliminar
  3. boa noite,sabem me diser se o Joao martins pardal nasceu em Ervidel??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço a sua intervenção.
      Lamentavelmente, não me é, neste momento, possível confirmar se João Martins Pardal terá nascido em Ervidel.

      Cumprimentos,
      Alengenea

      Eliminar
  4. Boa noite. Terá existido alguma ligação com Serranos da zona de Reguengos de Monsaraz? Poderei encontrar informações no arquivo de Évora? Obrigada.

    ResponderEliminar