Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Colaço



Primeira Geração

      1. Manuel Colaço nasceu em Montemor-o-Novo.

- Referido nos vários processos dos filhos como “cristão-velho”.
- Profissão: marchante e mercador.

Manuel casou com Leonor Álvares em 14.outubro.1571 em Nossa senhora do Bispo - Montemor-o-Novo. Leonor nasceu em Montemor-o-Novo.

- É referida nos vários processos dos filhos como "cristã-nova" (xn).


Manuel e Leonor tiveram os seguintes filhos:

+          2 M        i.  Dr. Bartolomeu Colaço.
               3 M       ii.  Manuel Colaço nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: marchante.
- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 4932 - TSO Évora)


Manuel casou com Mariana da Conceição.

+          4 F       iii.  Catarina Colaço.

+          5 F       iv.  Maria Colaço.
               6 F        v.  Antónia Colaço nasceu em Montemor-o-Novo.

- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo. 
 (proc. 2713 - TSO Évora)


Antónia casou com N.
               7 F       vi.  Sebastiana Colaço nasceu em Montemor-o-Novo.

- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 3237 - TSO Évora)

Sebastiana casou com (N).

+          8 M     vii.  Francisco Colaço.

+          9 F     viii.  Inês Colaço.


Segunda Geração

      2. Dr. Bartolomeu Colaço (Manuel).

- Médico cirurgião.
- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo. É referido como tendo 1/4 de "cristão-novo (xn) (Proc. 5366 - TSO Évora)

Bartolomeu casou com Catarina Simões "A Sernada", filha de Simão Pires e Isabel Fernandes "A Sernada", em 1.novembro.1607 em Nossa senhora do Bispo - Montemor-o-Novo. Catarina nasceu em Montemor-o-Novo.

- Catarina é referida no processo do TSO do marido como "cristã-velha".


Bartolomeu e Catarina tiveram os seguintes filhos:


(além dos que se referem adiante, parece ter existido mais uma filha, não mencionada pelos réus nos processos da Inquisição, chamada Maria da Cruz, que também foi presa pela Inquisição de Évora em 31.3.1629 - proc. 5498 Ev - e casou com Manuel Lopes)
    
+        10 M        i.  António Simões nasceu  aprox. 1611.
             11 F        ii.  Catarina Simões nasceu aprox. 1615 em Montemor-o-Novo.

- Catarina Simões nunca casou.
-Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 2082 - TSO Lisboa)

+        12 F       iii.  Francisca Simões nasceu  aprox. 1631.
+        13 M      iv.  Manuel Vicente ou Colaço.
             14 F        v.  Leonor Simões nasceu em Montemor-o-Novo.

- Leonor foi presa pela Inquisição em 31.3.1629, acusada de judaísmo, heresia, apostasia e falso testemunho, ainda solteira, e condenada a ir em Auto de Fé, em corpo, com vela acesa na mão e carocha na cabeça, nele ouvir a sentença, e ser açoitada pelas  ruas públicas de Évora, sem efusão de sangue, e a degredo durante 5 anos para Angola. Viveu em Luanda. Não teve filhos (proc. 6720 - TSO Évora)


Leonor casou com Paulo Escorel. Paulo nasceu em França ou Inglaterra.

      4. Catarina Colaço (Manuel) nasceu em Montemor-o-Novo.

- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo. (proc. 1112 - TSO Évora)

Catarina casou com Miguel Alvarez.

- É referido como "cristão-velho";
- Profissão: oleiro.


Miguel e Catarina tiveram os seguintes filhos:
             15 M        i.  Manuel Alvarez nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: oleiro.
- Foi morador em São Pedro da Gafanhoeira - Arraiolos.


Manuel casou com Maria da Cruz. Maria nasceu em São Pedro da Gafanhoeira - Arraiolos.

- É referida como "cristã-velha" (processo 2054 - TSO Lisboa)

             16 M       ii.  Francisco Alvarez nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: oleiro.

Francisco casou com N.

- Referida como "cristã-nova" (proc. 2054 - TSO Lisboa).

             17 F       iii.  Isabel Alvarez nasceu em Montemor-o-Novo.
Isabel casou com Luís Fernandes.

- Luís é referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa)
- Profissão: sapateiro.


      5. Maria Colaço (Manuel) nasceu em Montemor-o-Novo.

-  Maria Colaço tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 1628A - TSO Évora)

Maria casou com Tomé Varela em Montemor-o-Novo.

- Tomé (no proc. 2046 Lisboa é referido, provavelmente por lapso, como “Bartolomeu” é referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa)
- Profissão: tosador.


Tomé e Maria tiveram os seguintes filhos:
             18 F         i.  Inês Varela nasceu aprox. 1621 em Montemor-o-Novo.
Inês casou com Manuel Soares.

- Referido como "cristão-novo" (proc. 2054 - TSO Lisboa)
- Profissão: barbeiro.

             19 F        ii.  Francisca Varela nasceu aprox. 1626 em Montemor-o-Novo.
Francisca casou com N. N nasceu em Arraiolos.

- O marido de Francisca é referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa)
- Profissão: ferrador.

             20 F       iii.  Maria Varela nasceu em Montemor-o-Novo.
Maria casou com Manuel Pais Alfeirão. Manuel nasceu em Montemor-o-Novo.

- Manuel Pais Alfeirão é referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa)
- Profissão: cardador e depois soldado (almoxarife das mulas de artilharia).

             21 M      iv.  Manuel Varela nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: tosador.


Manuel casou com Mariana Rodrigues.

- Mariana é referida como "cristã-nova" (proc. 2054 - TSO Lisboa)

             22 M       v.  Miguel Varela nasceu em Montemor-o-Novo.

Profissão: tosador.

Miguel casou com Catarina Banha.

- Catarina Banha é referida como "cristã-velha" (proc. 2054 - TSO Lisboa)


      8. Francisco Colaço (Manuel) nasceu em Montemor-o-Novo.

- Francisco Colaço tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 6272 - TSO Évora)
- Profissão: tosador.

Francisco casou com (N) Serrão.

- A mulher de Francisco é referida como "cristã-nova" (proc. 2054 - TSO Lisboa)


Francisco e (N) Serrão tiveram os seguintes filhos:

+        23 F         i.  Maria.

      9. Inês Colaço (Manuel) nasceu em Montemor-o-Novo.
Inês casou com Manuel Pires Sernado, filho de Simão Pires e Isabel Fernandes "A Sernada", em 1.novembro.1607 em Nossa senhora do Bispo - Montemor-o-Novo. Manuel nasceu em Montemor-o-Novo.

-  Depois de enviuvar fez-se Presbítero do Hábito de S. Pedro. Foi sentenciado pela Inquisição de Évora, a 3.9.1628, acusado de palavras ofensivas para com a justiça do Santo Ofício (proc. 8724 - TSO Évora)


Manuel e Inês tiveram os seguintes filhos:
             24 F         i.  Maria dos Reis nasceu em Montemor-o-Novo.
Maria casou com Cap. Gaspar de Almeida em Luanda - Angola.

- Gaspar de Almeida é referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa).
- Foi capitão em Luanda.

             25 F        ii.  Isabel Quaresma nasceu em Montemor-o-Novo. Ela faleceu Luanda - Angola.
Isabel casou com Cap. (N). Cap. (N) nasceu em França ou Inglaterra.

- Isabel Quaresma foi presa pela Inquisição de Évora a 31.6.1639, acusada de heresia, apostasia, falsária e perjúria. Acusou as irmãs e as primas. (proc. 10988 - TSO Évora)


Terceira Geração

    10. António Simões (Bartolomeu, Manuel) nasceu aprox. 1611 em Montemor-o-Novo.

- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 2054 - TSO Lisboa)

António casou com Ana Coelho.

Eles tiveram os seguintes filhos
             26 M        i.  Manuel Simões nasceu aprox. 1642 em Montemor-o-Novo.

- Profissão: tangedor de órgão.
- "Teve algum tempo em o hábito de S. Francisco na 3.ª  Ordem"

             27 M       ii.  Nicolau Coelho nasceu aprox. 1656 em Montemor-o-Novo.
             28 F       iii.  Maria nasceu aprox. 1659 em Montemor-o-Novo.
             29 M      iv.  Bartolomeu nasceu aprox. 1663 em Montemor-o-Novo.

    12. Francisca Simões (Bartolomeu, Manuel) nasceu aprox. 1631 em Montemor-o-Novo.

- Tem processo do Tribunal do Santo Ofício / Inquisição, por culpas de judaísmo.  (proc. 4141 - TSO Lisboa)

Francisca casou com António Martins de Contreiras, filho de N e N. António nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: cirurgião.


António e Francisca tiveram os seguintes filhos:
             30 M        i.  Sebastião nasceu aprox. 1658 em Montemor-o-Novo.
             31 M       ii.  Matias nasceu aprox. 1659 em Montemor-o-Novo.
             32 F       iii.  Marta nasceu aprox. 1662 em Montemor-o-Novo.
             33 F       iv.  (N) nasceu antes 1666 em Montemor-o-Novo.
             34 F        v.  (N) nasceu antes 1666 em Montemor-o-Novo.

    13. Manuel Vicente (Bartolomeu, Manuel) nasceu em Montemor-o-Novo.
Manuel casou com Maria Lopes Boto, filha de Sebastião Machado e Inês Bispo. Maria nasceu em Montemor-o-Novo.

- Foi presa pela Inquisição de Évora em 1669 por culpas de judaísmo (proc. 4958 - TSO Évora), no qual acusou
cunhados e cunhadas. Saiu em liberdade em 20.10.1670.


Manuel e Maria tiveram os seguintes filhos:
             35 M        i.  Lourenço Machado nasceu em Montemor-o-Novo.

- Profissão: músico.
- Foi preso pela primeira vez em 8.6.1666 (proc. 444 - TSO Évora) e pela segunda vez em 1.
9.1670,  acusado de apostasia e heresia, saiu no auto de fé de 21.9.1670, tendo sido
condenado a cárcere e hábito penitencial perpétuo.


Lourenço casou com Páscoa da Ressureição.

- Páscoa é referida como "cristã-velha" (proc. 2054 - TSO Lisboa)

             36 M       ii.  Manuel Soudo nasceu aprox. 1646 em Montemor-o-Novo.

- Profissão. músico.
- Em 1666 estava preso (Inquisição de Évora).

             37 F       iii.  Mariana Boto nasceu em Montemor-o-Novo.

Mariana casou com António Pinto.

- Referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Évora)
- Profissão: vinhateiro.


    23. Maria (Francisco, Manuel).

- Já falecida em 1666.

Maria casou com Simão Ribeiro.

- Referido como "cristão-velho" (proc. 2054 - TSO Lisboa).
- Profissão: sargento.


Simão e Maria tiveram os seguintes filhos:
             38 F         i.  (N) nasceu em Montemor-o-Novo.

- (N), filha de Simão Ribeiro e de Maria, faleceu aos 13 anos.

_______________


Outros  "Colaço" (desentroncados):

Colaço I
Montemor-o-Novo


§ 1 

1.Domingos Fernandes que se casou com Brasia Rodrigues.
Tiveram os seguintes filhos:

 2.I) Catarina Colaça que se segue;

2.II) Manuel, baptizado em Santo Aleixo - Montemor-o-Novo a 9-2-1589, foram padrinhos Diogo Luís e Pedro Gomes.

2.III) Margarida, baptizada em Santo Aleixo a 21-1-1591, foram madrinhas Leonor Mendes e Catarina Coelho.

2.IV) Gregório, baptizado em Santo Aleixo a 3-3-1596, foi padrinho António Gomes e madrinha Catarina Dias.

2. Catarina Colaça, baptismo não localizado que casou na Igreja de Santo Aleixo a 15-12-1605 com Filipe Martins filho de Manuel Martins e Maria Lourenço, testemunharam ....... Gomes e João Tomás. ( Segue no ttº Martins - Santo Aleixo)


............................................



Colaço II
Montemor-o-Novo


§ 1

1. Gaspar Martins que se casou com Isabel Afonso.
Tiveram:

2.Manuel Colaço que já viúvo se casou na Igreja de São Mateus a 12-9-1602 com Maria Álvares filha de Baltazar Fernandes e de Isabel Álvares.
Tiveram:

3. Maria Colaça que se casou na igreja do Bispo a 1-11-1626 com Manuel Fernandes filho de António Fernandes e de Maria Leboreira, testemunharam Domingos Fernandes (1), João Rodrigues e Sebastião Martins.

Notas
(1) O Domingos Fernandes poderá, eventualmente, ser o mesmo referido no 1. do ttº Colaços I.
_____________

Os títulos "Colaço I" e "Colaço II" são da autoria do genealogista Luís Jaime Rodrigues Martins, a quem se agradece o excelente contributo.


Sem comentários:

Enviar um comentário