Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Garcia I

(A presente resenha genealógica é da autoria do genealogista Luís Jaime Rodrigues Martins, a quem se agradece o excelente contributo)
________

Primeira Geração

1. Fernão Garcia (1) nasceu anteriormente a 1540 e casou com Isabel Martins, esta faleceu a  22-11-1558, foi testamenteiro Belchior Freme.
Tiveram:
+   2.M    i. Pedro Vaz que se segue;

      3.F     ii. Inês, baptizada em Alter do Chão a 15-5-1563, foram padrinhos Pedro Miranda e  António Murteira e madrinhas Catarina Murteira e Fradesa, mulher de Gonçalo Vaz.


Segunda Geração

2. Pedro Vaz que se casa em Alter do Chão a 16-4-1589 com Catarina Garcia filha de Nuno Alvares e de Leonor Alvares, Testemunharam Pedro Freme e Gonçalo Mendes. (Pode ser seguido no ttº Alvares - Alter do Chão)
Tiveram:

      4.F    i.  Isabel, baptizada em Alter do Chão a 25-1-1589, foi padrinho Fernão Vasco e madrinha Isabel de Simas

+   5.F     ii. Leonor Alvares que se segue;

      6.M   iii. Manuel, baptizado em Alter do Chão a 4-4-1593, foi padrinho António Garcia e madrinha Maria Garcia.

      7.F    iv. Ana, baptizada em Alter do Chão a 25-12-1594, foi padrinho Pedro Garcia.


Terceira Geração

5. Leonor Alvares, baptizada em Alter do chão a 18-6-1592, foi padrinho António Garcia e madrinha Beatriz Cardoza, casa na mesma Igreja a 14-1-1617 com João Alvares Maduro já viúvo de Brites Gonçalves e filho de Pedro Dornalho e de Maria Dias, testemunharam Sebastião Roiz da Nóbrega e Pedro de Simas. (Pode ser seguido no ttº Dornalho)
Tiveram:

+   8.F    i. Catarina Garcia que se segue:



Quarta Geração

8. Catarina Garcia que casou em São Bartolomeu do Reguengo a 16-11-1636 com António Madeira filho de João Madeira e de Inês Pires, testemunharam João Garcia Castanho e Álvaro Lourenço.
Tiveram:

+   9.M    i. António Madeira que se segue:


Quinta Geração

9. António Madeira, baptizado em São Bartolomeu do Reguengo a 24-9-1637, foi padrinho Belchior Freme e madrinha Catarina Garcia. Casou 4 vezes, a 1ª em São Bartolomeu a 30-8-1662 com Inês Lopes já viúva de Domingos Lopes Perdigão, a 2ª com Isabel Nogueira (2) natural de São Tiago de Cayola filha de Manuel Pires e de Guiomar Fernandes (pode ser seguido no ttº  Nogueira) , casou a 3ª vez em São Bartolomeu do Reguengo a 25-11-1685 com Maria Martins filha de Domingos Gil e de Leonor Martins, e casa a 4ª vez com Maria Dias.
Tiveram os seguintes filhos:

     10.F    i.  Guiomar Madeira (3) que casou em São Bartolomeu dos Reguengos a 3-11-1698 com Manuel Carreiras filho de João Carreiras e de Isabel Fernandes.

+   11.F    ii. Maria Nogueira (3) que se segue:

      12.M   iii. João Martins Madeira (4) que casou em São Bartolomeu dos Reguengos a 31-1-1718 com Isabel Machado da Costa.


      13.F    iv. Teresa Madeira (5) que casou em São Bartolomeu dos Reguengos a 8-5-1713 com João Nunes já viúvo de Leonor Vaz.


Sexta Geração

11. Maria Nogueira, baptizada em São Bartolomeu dos Reguengos a 28-3-1676 foi padrinho Domingos Vaz e Maria Gonçalves, casou na mesma Igreja a 8-10-1696 com Manuel Fernandes filho de Manuel Fernandes  e de Maria Fernandes, testemunharam Simão Fernandes e Manuel Lourenço.
Tiveram:

     14.F    i. Maria, baptizada em São Bartolomeu dos Reguengos a 25-11-1699, foi padrinho Matias Marques e madrinha e Maria Falcão.

     15.M   ii. Manuel, baptizado em São Bartolomeu dos Reguengos a 17-3-1700, foi padrinho Vicente Roiz e madrinha Maria Roiz casada com Manuel Gonçalves, tecelão. 

     16.F    iii. Isabel, baptizada em São Bartolomeu dos Reguengos a 12-3-1702, foi padrinho Fernando Gonçalves e madrinha Leonor Vaz.

    17.M   iv. António, baptizado em São Bartolomeu dos Reguengos a 17-2-1704, foi padrinho João Rodrigues.

    18.M   v. Joaquim Madeira, baptizado em São Bartolomeu dos Reguengos a 12-11-1713, foi padrinho Manuel Martins Madeira filho solteiro de António Madeira e madrinha Ângela Nogueira filha solteira de Manuel Antunes.

     19.F    vi. Luzia, baptizada em são Bartolomeu dos Reguengos a 20-12-1715, foi padrinho Cristóvão Martins filho solteiro de Manuel Antunes e madrinha Teresa Madeira  mulher de João Nunes. 

+   20.F    vii. Teresa Madeira que se segue:


Sétima Geração

20. Teresa Madeira, baptizada em São Bartolomeu dos Reguengos a 7-7-1720, foi padrinho João Marques Pires da Cunheira e madrinha Leonor Vaz. Casou na mesma Igreja a 9-6-1743 com João Ribeiro natural da Torre, Freguesia de Nossa Sr.ª do Reclamor de Tomar.
Tiveram:

+   21.M   i. José Ribeiro que se segue:


Oitava Geração

21. José Ribeiro, nasceu a 15 de Agosto e foi baptizado em São Bartolomeu dos Reguengos a 23-8-1744, casou na Se de Évora a 16-11-1783 com Genoveva Jacinta filha de Manuel Gomes e de Violante Teresa, testemunharam Manuel da Costa e Jerónimo Garcia.
Tiveram:
+   21.F    i. Maria José que se segue:


Nona Geração

21. Maria José, baptizada na Igreja de Nossa Sr.ª da Tourega a 23-6-1803, casou na Igreja de Santo Antão a 20-8-1820 com Caetano José filho de José Martins natural da Boa-fé e de Rosa Joaquina. (Pode ser seguido no ttº Lobo ou no ttº Falardo)


(1) Fernão Garcia foi também possivelmente casado com Margarida Alvares, segundo o Baptismo  do filho Pedro a 6-10-1558.
(2) Este casamento não foi localizado.
(3) Guiomar Madeira e Maria Nogueira são ambas filhas de Isabel Nogueira.
(4) João Martins Madeira e filho de Maria Martins.
(5) Teresa Madeira e filho de Maria Dias.
__________

Nota: Agradece-se o envio de eventuais informações complementares / correcções sobre os elementos apresentados para o endereço mailto:alengenea@gmail.com (sem espaços)

Sem comentários:

Enviar um comentário