Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...

Estudar as nossas raízes faz parte de um processo de autoconhecimento...
Pretende-se que este blogue se materialize num importante contributo para o estudo das famílias do Alentejo, com especial incidência nas zonas de Borba, Estremoz, Vila Viçosa, Alandroal e Redondo.





“A genealogia não deverá tornar-se num processo dissimulado de busca obsessiva por gente nobilitada, socialmente distinta, mas antes como um veículo facilitador do conhecimento e apropriação do modo de vida daqueles que, independentemente do seu estatuto social e da sua condição económica, representaram o elo de uma corrente - a mesma que só tomou forma porque cada elo esteve em dado momento no seu lugar, com maior ou menor bravura, maior ou menor sofrimento e espírito de sacrifício, mais ou menos propósito, simplesmente teve a nobreza e o dom, que mais não fosse, da sua própria existência… e creiam que à medida que vou envelhecendo, vou proporcionalmente tomando maior consciência da importância e necessidade de “genealogia” e “humildade” caminharem sempre de mãos dadas…”

__________________________________________________________________________ O Autor





Lobo

- de Alvito (Beja) -

Por: Luís J. R. Martins
___

§ 1

Primeira Geração

1.Manuel Lobo, nasceu em data anterior a 1595 e casou com Catarina Martins, ambos naturais de Alvito 1.
Tiveram os seguintes filhos:   

+     2.M   i.   Manuel Esteves Lobo


Segunda Geração

2.Manuel Esteves Lobo, natural de Alvito, foi Furriel de Cavalos na Companhia de Duarte Lobo em Estremoz 1. Casou na Igreja de São Tiago de Estremoz a 2-7-1645 com Catarina Soeira, natural dessa mesma freguesia e filha de Afonso Fernandes e de Maria Vaz, testemunharam António da Ponte e o licenciado Luís Dias Diabo. Residiram vários anos em Estremoz. Catarina residiu também na Cidade de Évora, é referida de Madre da Portaria das Religiosas de Santa Clara de Évora 1.
Tiveram os seguintes filhos:   

+     3.M   i.   Manuel Lobo Soeiro
+     4.M   ii.  António Esteves Lobo, com matrícula aprovada na Universidade de Évora para Ordens Menores2. Posteriormente é referido de Sacristão das Freiras de Santa Clara de Évora1.
+     5.F    iii. Maria Soeira
+     6.F    iv. N. Freira no Convento de Santa Clara de Évora 1.


Terceira Geração

3. Manuel Lobo Soeiro, natural de Estremoz, casou duas vezes, a primeira com Catarina Lopes, natural de Santiago do Cacém3, a segunda com Antónia Batista da Silva natural da Freguesia dos Anjos / Lisboa (ambos os casamentos não foram localizados). Manuel foi Oficial de Barbeiro na Freguesia de São Miguel de Machede durante mais de 20 anos e residiu na Quinta do Casco.
Tiveram os seguintes filhos:   

+    7.F     i.   Helena Maria Lobo (filha de Catarina), baptismo não localizado.
+    8.M    ii.  Manuel (filho de Catarina), baptizado em Santo Antão a 12-1-1681, foi padrinho Manuel Soares e madrinha Isabel Soeira.
+    9.F     iii.  Bernarda da Silva (filha de Antónia)
     10.M    iv.  Manuel, (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 29-8-1683, foi padrinho António Falé e madrinha Maria Mendes.
     11.M    v.   Bartolomeu gémeo de Antónia (filhos de Antónia), baptizados em São Miguel de Machede a 30-8-1684, foi padrinho Sebastião Calado e madrinha Águeda Francisca.
     12.F     vi.  Antónia gémea de Bartolomeu (filhos de Antónia), baptizados em São Miguel de Machede a 30-8-1684, foi padrinho Sebastião Calado e madrinha Águeda Francisca.
     13.M    vii.  António (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 30-10-1686, foi padrinho António Esteves Lobo e madrinha Margarida Rosado.
     14.M    viii. Domingos (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 18-5-1688, foi padrinho Manuel Duarte e madrinha Ana Dias.
     15.M    ix.   Marcos (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 1-5-1689, foi padrinho Manuel Duarte e madrinha Ana Dias.
     16.F     x.    Rosa (filha de Antónia), baptizada em São Miguel de Machede a 18-5-1692, foi padrinho Francisco Ramalho e madrinha Francisca Mendes.
+  17.F     xi.   Inácia Batista Lobo (filha de Antónia)
     18.F     xii.  Paula (filha de Antónia), baptizada em São Miguel de Machede a 20-1-1697, foi padrinho Manuel Domingos.
     19.M   xiii.  Manuel (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 19-7-1699, foi padrinho António Falé e madrinha Maria Mendes.
     20.M   xiv.  Eusébio (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 18-12-1701, foi padrinho Padre Mateus Álvares de Matos e madrinha Dona Eusébia de Távora.
     21.M   xv.   Francisco (filho de Antónia), baptizado em São Miguel de Machede a 4-5-1704, foi padrinho Padre Mateus Álvares de Matos e madrinha Antónia Froes.

5. Maria Soeira, casou com Luís Lopes “Caramujeiro” de alcunha, filho de João Lopes e de Maria Ramalho, moradores junto a Igreja de São Tiago. Foram residentes na Rua Nova em Évora 1.
Tiveram os seguintes filhos:   

+   22.F     i.   Dr. Manuel Esteves Lobo, estudante na Universidade de Évora no ano de 1691, sem mais notícia.
+   23.M    ii.  Francisco Lopes Caramujeiro


Quarta Geração

7. Helena Maria Lobo, casou com Manuel Rosado, Alfaiate e filho de António Rosado e de Margarida Ferreira, Lavradores da Herdade do Lagar Derrubado no termo de Évora 3. Residiram no Pátio do Conde de Soure na Cidade de Évora.
Tiveram os seguintes filhos:

+  24.M    i.  Pe. José Rosado Ferreira

9. Bernarda da Silva, baptizada em São Miguel de Machede a 17-2-1682, foi padrinho Francisco Rosado e madrinha Brazia Rosado. Casou com João Fernandes Robalo, natural de Penamacor e filho de Manuel Fernandes Robalo e de Josefina Branca.
Tiveram os seguintes filhos:

+   25.M   i. Francisco, baptizado em São Miguel de Machede a 30-8-1710.

17. Inácia Batista Lobo, baptizada em São Miguel de Machede a 22-11-1693, foi padrinho Francisco Ramalho Piteira e madrinha Inácia Mendeia Coelha. Casou com Saturnino Martins já viúvo e natural da Cidade de Beja (este casamento não foi localizado).
Tiveram os seguintes filhos:

      26.M   i.  João, baptizado em São Jordão a 8-8-1729, foi padrinho André Fernandes e madrinha Bernarda da Silva.
+   27.M   ii. André Lobo

23. Francisco Lopes Caramujeiro, casou com Teresa Maria filha de João Pinto de Barros, natural do termo de Gouveia e de Maria Pais de Andrade, natural da Cidade de Évora 4.
Tiveram os seguintes filhos:

+   28.M   i.  Manuel Lobo dos Reis Caramujeiro



Quinta Geração

20. Padre José Rosado Ferreira, baptizado em São Miguel de Machede a 1-10-1698, matriculado na Universidade de Évora no ano de 1717/22. José é também sobrinho-neto do beneficiado João Rosado (Bacharel na Sé de Évora e irmão inteiro de António Rosado, seu avô paterno) 3.

23. André Lobo, baptizado em São Jordão a 7-1-1732, foi padrinho André Fernandes e madrinha Juliana dos Santos, casou com Faustina Maria da Graça (casamento não localizado).
Tiveram:

+   29.F   i. Rosa Joaquina

28. Manuel Lobo dos Reis Caramujeiro, aluno na Universidade de Évora no ano de 1730 a 1735, foi Clérigo da Epístola e no ano de 1735 já era Diácono do Hábito de São Pedro 4 .


Sexta Geração

29. Rosa Joaquina, baptizada na Igreja de São Mamede em Évora a 6-1-1761. Casou na Igreja de Santo Antão a 7-4-1779 com José Martins filho de Francisco Martins e de Maria Vicente.

(Segue no ttº Lopes – Santa Sofia)
____________________
1  - A.D.E. - Processo de Justificação de Pureza de Sangue de Manuel Esteves Lobo – ano de 1691 -nº 48 - cx. 3.
- A.D.E. - Processo de Habilitação “de Genere” de António Esteves Lobo – ano de 1691 - Ordens Menores - nº 876, mç. 30.
- A.D.E. - Processo de Habilitação “de Genere” de João Rosado Ferreira - Ordens de Missa – nº 1441, mç. 90.
4 - A.D.E. – Processo de Habilitação “de Genere” de Manuel Lobo – ano de 1730 / 35 - Prima Tonsura, Ordens Menores e Sacras – nº 2056 – mç. 148. Este processo tem em apenso uma Sentença “de Genere” de Manuel Mendes de Vasconcelos, segundo primo do Habilitado, natural de Santa Marinha e filho de Gregório Mendes e de Verónica da Costa.

______
Nota: Agradece-se o envio de informações complementares / correcções relativas aos elementos apresentados para o endereço: alengenea @ gmail.com (sem espaços)

Sem comentários:

Enviar um comentário